Depressão pós parto

 

Deve ser acompanhada de forma muito cuidada, pois sua manifestação poderá não passar somente por um simples episódio de tristeza, poderá ter consequências muitíssimo graves. Quer para a mulher, mas também para quem a rodeia. Se não for detectada atempadamente e tratada, poderá passar a depressão grave com consequências de incapacidade física e mental.

O nascimento de um filho tem de ser motivo de alegria, diria, incontestável, mas, algumas mulheres infelizmentenão não conseguem aproveitar esse momento por causa da depressão pós parto, sendo tratada atempadamente é devolver á mulher essa felicidade. A depressão puerperal, também denominada depressão pós parto maternal, ou pós natal, enquanto depressão reactiva e não patológica, tem intensidade não especificada, em que o conflito desencadeante pode ser discernido com clareza e possui certa magnitude; é acompanhada de sentimentos de falta de valor próprio, de apatia ou indiferença diante dos eventos que ocorrem em seu meio ambiente.

“A pessoa deprimida de forma benigna expressa sentimentos demais para continuar vivendo. A auto estima e o respeito próprio se vêem ameaçados, e os indivíduos sentem abatimento que encontram dificuldades de justificar sua existência”. (Kyes & Hofling,1985).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *